Sistema fotovoltaico on-grid: tudo que você precisa saber!

Você quer entender os benefícios do sistema fotovoltaico on-grid mas não consegue? Vem que a gente te explica perfeitamente como funciona!

sistema-fotovoltaico-on-grid

O sistema de geração de energia solar on-grid é conectado também à rede de energia elétrica da distribuidora. Além de transformar a luz do sol em energia elétrica, ele também funciona através da rede elétrica em dias de pouco sol, por exemplo. Ele é diferente do sistema off-grid que não é conectado à rede elétrica.

Um sistema off-grid utiliza baterias carregadas quando não há sol para continuar fornecendo energia elétrica.

O sistema fotovoltaico on-grid é apenas um dos sistemas conectados à rede elétrica. O sistema híbrido também é conectado à rede elétrica e tem baterias como o sistema off-grid.

Como funciona o sistema fotovoltaico de energia solar on-grid?

Um equipamento chamado de inversor interativo (também conhecido como inversor grid-tie) recebe a energia elétrica gerada pelos painéis solares que captam a luz solar em corrente contínua (CC) e transforma em energia elétrica de corrente alternada (CA). Essa energia elétrica de corrente alternada é igual à energia da rede elétrica.

O inversor interativo funciona em paralelo com a rede pública de distribuição de energia. Sua funcionalidade é a mesma que a de uma usina elétrica convencional com benefícios de ser mais barata, precisar de mínima manutenção, entre outras vantagens.

A diferença deste sistema para uma grande usina elétrica está na potência e no local de instalação que em geral é na cobertura ou telhado do imóvel quando localizado em grandes cidades.

Depois de sua instalação, a energia gerada pelos módulos fotovoltaicos (placas solares) é alternada pelo inversor interativo e levada para unidade consumidora (sua residência por exemplo).

Essa energia vai alimentar toda a necessidade elétrica da unidade consumidora. Se a potência gerada for maior do que a potência dos equipamentos ligados na tomada o excedente de energia vai ir para a rede elétrica. Ela vai passar pelo relógio de luz que vai medir a energia a mais como energia elétrica injetada.

O que vai acontecer se a energia gerada pelo sistema fotovoltaico on-grid for superior ao que você utilizar?

Por medida da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) a sua conta de energia vai chegar com dois valores diferentes: a energia consumida pela rede elétrica e a energia injetada.

O valor da energia injetada é considerado um valor de crédito utilizado para abater o valor de toda energia consumida. Desse modo você pode diminuir bastante seu custo com conta de energia.

Para isso ser viável para você, a ANEEL precisa instalar gratuitamente em sua casa um medidor bidirecional. Ele computa a entrada e saída de energia elétrica em sua residência. Você também precisa passar por uma inspeção e aprovação da ANEEL que também são gratuitas.

Infelizmente não é possível zerar o custo. A rede pública de rede elétrica cobra um valor monetário chamado Custo de Disponibilidade.

O Custo de Disponibilidade também é conhecido como Tarifa ou Taxa Mínima. Ele é um valor na conta de luz para o consumidor utilizar a rede de energia elétrica. Como o sistema on-grid é conectado à rede, a conta de luz cobra tal taxa. Mesmo que não haja o consumo, é o valor para manter a infraestrutura da rede pública para sua utilização.

Caso a energia gerada pelo sistema fotovoltaico solar on-grid seja superior ao da energia consumida, os créditos podem ser utilizados em outras unidades consumidoras desde que estejam registradas no nome da mesma pessoa. Isso vale para pessoa física ou pessoa jurídica.

Outra opção é utilizar o crédito para no futuro. Isso pode ser realizado quando a geração solar for menos significativa que a utilizada no período. A quantidade de crédito pode suprir a demanda de energia utilizada posteriormente. Seus créditos podem ser utilizados futuramente, ou seja, você não perde nenhuma energia produzida pelos painéis solares.

Quando o sistema fotovoltaico on-grid utiliza a energia da rede elétrica?

O sistema utiliza a energia da rede elétrica quando não há muita energia produzida pelas placas solares e convertidas em energia elétrica. Isso ocorre principalmente quando não há muito sol. Em algumas estações pode ocorrer maior necessidade de energia da rede elétrica.

Quais são as vantagens do sistema fotovoltaico on-grid?

As vantagens de um sistema on-grid são bem compensadoras.  Confira 4 vantagens de ter um sistema que produz energia solar e ainda pode utilizar a energia da rede elétrica se necessário.

1. Os créditos obtidos

Conforme já foi explicado, a compensação de crédito é uma das melhores vantagens para tal modelo de sistema fotovoltaico. Como o sol é um recurso renovável e infinito seu sistema on-grid sempre vai armazenar energia. Então, além de ter energia suficiente para utilizar em todos os equipamentos da sua residência, por exemplo, você ainda pode utilizar a energia acumulada. Pode diminuir o custo de sua conta de luz. A energia a mais também pode ser utilizada em outros locais que estejam registrados no nome da mesma pessoa (jurídica ou física). Por fim, ela pode ser utilizada como bônus futuramente.

2. O custo acessível de implantação

Como o mercado de luz solar está se ampliando, o custo de implementação de um sistema on-grid diminuiu muito. Ele é recomendado para residências, empresas e indústrias. Até apenas um apartamento de um prédio pode contratar o serviço.

Além disso, a adaptação de conexão com a rede elétrica só evoluiu. Contratar um sistema on-grid tem menos custo que um sistema off-grid e oferece mais qualidade.

3. A manutenção é mínima

Sem as baterias de um sistema off-grid a manutenção do sistema on-grid é mais facilitada. Isso diminui o custo de manutenção. Além disso, o sistema on-grid tem uma vida útil maior. Por fim, a tecnologia de armazenamento em baterias do sistema off-grid ainda não evoluiu tanto como o sistema on-grid.

4. Qualidade da energia

Como já foi colocado anteriormente, a tecnologia da energia solar on-grid conectada à rede elétrica só se aprimorou. Isso traz um impacto positivo na produção e distribuição de energia. Isso acarreta na diminuição dos níveis de tensão e a capacidade dos circuitos de baixa tensão.

Isso é mais qualidade de energia para residência, indústria ou empresa.

Site produzido por Digitalize Now.