Sistema de energia solar: passo-a-passo do funcionamento

Você quer entender tudo sobre o funcionamento do sistema de energia solar, desde a instalação até o monitoramento? Vem com a gente nesse passo-a-passo completo!

sistema-de-energia-solar

A energia solar é a fonte de energia renovável mais limpa e disponível. A tecnologia moderna pode aproveitar esta energia para uma variedade de usos, incluindo produção de eletricidade, fornecimento de luz e aquecimento de água para aplicações domésticas, comerciais ou industriais através de um sistema de energia solar.

Resumindo, a energia solar é a fonte de energia mais excessiva na Terra.  Ao capturar a energia do sol e transformá-la em eletricidade para sua casa ou empresa, a energia solar é uma solução chave no combate à atual crise climática e na redução de nossa dependência de combustíveis fósseis.

Como funciona a energia solar?

Nosso sol é um reator nuclear natural que concede pequenos pacotes de energia chamados fótons que a todo momento, afetam nosso planeta para gerar energia solar o bastante para, hipoteticamente, satisfazer as necessidades globais de energia por um ano inteiro.

Atualmente, a energia fotovoltaica atende apenas cinco décimos de um por cento da energia que é utilizada nos Estados Unidos. Mas a tecnologia solar está melhorando e seu custo tem caído rapidamente, então nossa capacidade de aproveitar a abundância de energia do sol está aumentando.

Em 2017, a Agência Nacional de Energia Elétrica, mostrou que a energia solar se tornou a fonte de energia de crescimento mais rápido do mundo, marcando a primeira vez que o crescimento da energia solar ultrapassou o de todos os outros combustíveis. Desde então, a energia solar continuou a crescer e a quebrar recordes em todo o mundo.

Como funcionam os painéis solares?

Os fótons, ao atingirem uma célula solar, liberam elétrons de seus átomos que, quando os condutores estão ligados aos lados positivo e negativo de uma célula, formam um circuito elétrico. Os elétrons, ao fluírem por esse circuito, geram eletricidade. Quando várias células fotovoltaicas formam um painel solar e vários módulos podem ser ligados entre si, formam um painel solar que, quanto mais forem implementados, mais energia gerarão.

Como funciona um sistema de painel solar?

A luz do sol ou a radiação solar atinge o painel solar no telhado. De forma que os painéis convertem a energia em corrente contínua, que flui para um inversor. O inversor, por sua vez, converte a eletricidade de CC para CA. Dessa forma você pode alimentar a sua casa de forma simples, eficiente e acessível.

No entanto, você não precisa se preocupar se você não estiver em casa para utilizar a eletricidade de seus painéis solares, visto que você ainda pode se beneficiar com um sistema chamado "medição líquida''.

Quando um sistema fotovoltaico típico é vinculado à rede, durante os horários de pico de luz do dia, chega a produz mais energia do que a necessidade de um cliente.

Dessa forma, o excesso de energia é devolvido para a rede elétrica para ser usado em outro lugar. O cliente que é beneficiado para medição líquida pode receber créditos pelo excesso de energia gerada e pode usar esses créditos para sacar da rede à noite ou em dias nublados. O medidor líquido registra a energia enviada comparada com a energia recebida da rede.

Adicionar armazenamento a um sistema solar aumenta consideravelmente os benefícios. Com um sistema de armazenamento solar, os clientes são capazes de armazenar sua própria energia no local, diminuindo ainda mais sua dependência da eletricidade da rede e garantindo a capacidade de fornecer energia à sua casa no caso de uma queda de energia.

O sistema de armazenamento inclui monitoramento de software, que monitora a produção solar, o uso de energia doméstica e as taxas de serviços públicos para determinar qual fonte de energia usar ao longo do dia - potencializando o uso de energia solar, concedendo ao cliente a capacidade de diminuir as tarifas de horário de pico e a capacidade de armazenar energia para uso posterior durante uma interrupção.

  • Inversor Solar: Um único inversor é usado para conectar toda a sua gama de painéis solares ao seu painel elétrico. Os inversores são frequentemente a opção de inversor mais barato e uma tecnologia muito durável que tem sido historicamente o tipo de inversor mais comumente instalado. Múltiplas cadeias de painéis podem ser conectadas a cada inversor, no entanto, se a produção de eletricidade de um dos painéis em uma cadeia cair (como pode acontecer devido ao sombreamento), isso pode reduzir temporariamente o desempenho de toda a cadeia.
  • Microinversores: Se você escolher microinversores, um será instalado em cada painel solar, o que permite que cada painel maximize a produção. Se alguns de seus painéis estiverem sombreados em horas diferentes do dia ou se não estiverem todos instalados voltados para a mesma direção, os microinversores minimizarão os problemas de desempenho.
  • Otimizadores de energia: os  sistemas que usam otimizadores de energia são um híbrido de sistemas microinversores e inversores. Como os microinversores, os otimizadores de energia são instalados em cada painel. Os sistemas otimizadores de energia tendem a custar mais do que os sistemas de inversores, mas menos do que os sistemas microinversores.

Monitoramento e desempenho

Os sistemas de monitoramento de desempenho fornecem informações detalhadas sobre o desempenho do seu sistema de painel solar. Com um sistema de monitoramento, você pode medir e registrar a quantidade de eletricidade que seu sistema produz por hora.

Existem dois tipos de sistemas de monitoramento:

  1. Monitoramento no local: O dispositivo de monitoramento está fisicamente localizado em sua propriedade e registra a quantidade de eletricidade produzida, um sistema conectado à rede.
  2. Monitoramento remoto: Seu sistema solar fotovoltaico transmite seus dados de desempenho para um serviço de monitoramento que você pode acessar online ou com um dispositivo móvel.
Site produzido por Digitalize Now.