MEGA PROMOÇÃO BLACK FRIDAY - INVERSOR 10% OFF!
FALE CONOSCO!

Crédito para energia solar

Saiba tudo sobre Energia Solar neste artigo!

credito-para-energia-solar

O que é energia solar?

A energia solar é a que provém do sol, uma fonte renovável. A energia solar é a única forma de obtenção de energia do sol, ou seja, uma fonte ilimitada. Esta é fundamentalmente distinta das outras variantes de geração de eletricidade que dependem da aquisição de combustíveis (fósseis, nuclear), cuja escassez pode trazer sérios problemas à economia mundial.

A utilização comercial da energia solar teve início nos anos 1970 no Japão e tem vindo a atingir um ritmo crescente em toda a Europa, nos EUA e na Ásia.

Na Europa, o recorde de produção per capita está atualmente estabelecido na Suécia e em Espanha, onde há cerca de 10 produtores comerciais suficientemente grandes para garantir um fornecimento confiável para uma casa.

A energia solar funciona?

A energia solar é obtida da luz do sol que incide sobre as superfícies refletoras, que são aquecidas até atingirem temperaturas elevadas. Isso faz com que o ar se expanda e atinja uma pressão superior à pressão do ar ao redor.

Este processo é equivalente a energia contida no ar que encharca o pneu de um carro após ficar exposto aos raios solares. A diferença é que, com matéria solar, não só o calor contido na luz incide sobre as superfícies refletoras, mas também toda a energia elétrica necessária para alcançar temperaturas elevadas.

A energia captada por meio da célula fotoelétrica é então transmitida à rede de distribuição através dos cabos.

Como a energia solar funciona?

A energia solar é bem sólida, assim como os grandes produtores de petróleo, têm que trabalhar para extrair a matéria. O processo envolve três fases distintas: Primeiro, as placas recebem luz direta do sol para aquecer um fluido que leva à turbina, onde ela se agita para produzir o vapor que move a turbina e gera a eletricidade. Depois, este calor é transferido para água - o chamado "recuperador de calor" - e esta será utilizada para aquecer casas ou edifícios. Finalmente, um ventilador intermédio liga-se à turbina e mantém o sistema a funcionar sempre que a energia solar não estiver disponível no momento.

A energia solar é muito fácil de utilizar. Basta ligar os painéis solares a uma rede elétrica e aproveitar a vantagem do preço barato da energia em comparação com outras fontes, como os combustíveis fósseis tradicionais e as renováveis térmicas.

É também um investimento seguro, uma vez que não é necessário comprar combustíveis para alimentar o sistema, e as placas solares duram cerca de 40 anos, com taxas per capita mais elevadas do mundo. A energia solar é altamente confiável e estável.

O que são os créditos para energia solar?

Os créditos para energia solar são o incentivo para que as pessoas, empresas e organizações utilizem a energia solar. A medida é uma forma de tornar o uso da energia solar mais atraente para os clientes, apesar do preço elevado dos painéis solares, na comparação com outras fontes de geração.

Os créditos são também um incentivo para os produtores industriais adicionarem painéis solares às suas instalações comerciais, já que este poderia ser um processo dispendioso.

Os créditos para energia solar são contabilizados por cada kWh de eletricidade obtido a partir da matéria solar, independentemente do posto gerador ou consumidor.

Para explicar melhor como funcionam os créditos para energia solar, vamos imaginar uma empresa que compra painéis solares e quer contabilizar os créditos. A empresa pode comprar mais painéis solares para atingir um nível superior de produção, permitindo-lhe ganhar certificados adicionais. Quando a empresa é capaz de demonstrar que tem painéis solares e produzir eletricidade, há um crédito associado a cada kWh.

A diferença para outras fontes de geração tem que ser contabilizada quando chegar à rede elétrica, ou seja, na medição final do consumo. A lógica por trás disso é simples - os clientes irão beneficiar apenas com produtos que contribuem para a mudança climática disponíveis. A energia solar contou com um incentivo financeiro significativo até um determinado ponto, e apenas uma fração da renda líquida suportada pela conta de luz.

Os créditos para energia solar só são válidos para o suprimento nacional?

Não. Os créditos para a energia solar podem ser utilizados para obter produtos que respeitam a legislação ambiental estrangeira, como por exemplo, os clientes holandeses. Estes clientes usariam um recibo sobre a medição na rede elétrica em vez de um contrato de compra. Por esse motivo, é necessário um eletricista para criar uma rede através da qual a energia solar será enviada. É por isso que os créditos para energia solar são importantes na proteção do clima.

Quais os benefícios dos créditos para energia solar?

A primeira vantagem é que a energia solar é altamente confiável e estável. Em contraste, as fontes de combustíveis fósseis precisam da constante renovação para garantir o fornecimento contínuo.

Assim, os créditos para a energia solar criam um incentivo adicional para construir mais painéis solares em todo o mundo. Toda a demanda aumentada por aparelhos solares leva à redução dos preços das placas - uma questão muitas vezes identificada como um dos principais fatores limitantes para a adoção generalizada de painéis solares.

Os créditos também incentivam as pessoas, as empresas e as organizações a instalarem painéis solares. A energia solar já é muito barata comparada com outras fontes, mas os créditos são uma forma de tornar esse produto mais atraente para o cliente final, bem como para grandes consumidores industriais.

Alguns países utilizam os recursos obtidos pelas vendas de créditos para financiar a construção de painéis solares. Neste caso, o incentivo é duplo: os consumidores podem se beneficiar com a contabilização dos créditos e, em seguida, usar o dinheiro obtido para comprar outro produto solar. Esta lógica pode ser expandida durante algum tempo.

Como resultado do financiamento adicional que proporciona, o fornecimento de energia solar crescerá num ritmo mais rápido. O preço da energia solar diminuiu significativamente nos últimos anos e, embora esteja longe de ser inacessível, tornou-se muito atraente para os compradores devido à imensa quantidade de créditos disponíveis.

Site produzido por Digitalize Now.