Consciência ambiental: porque tão relevante?

A consciência ambiental é uma característica cada vez mais clamada pelas pessoas. O ideal de dar importância de preservar a natureza têm sido cada vez mais objetivado. Saiba mais sobre o tema!

consciencia-ambiental

Lastimavelmente, desde a Revolução Industrial, a humanidade amplificou o sentimento de que pode controlar o meio ambiente.

Contudo, finalmente compreendemos a realidade que vivemos em um sistema finito e fechado. Isso tem consequências para nossas ações: o lixo acumulado polui a água e atrai a disseminação de doenças; o esgoto despejado no rio mata os peixes; o ar poluído pelos carros prejudica o crescimento das crianças, entre outros.

A lista de consequências é interminável e, em geral, é prejudicial à sobrevivência humana, o que fez com que o ser humano precisasse desenvolver a consciência ambiental para garantir um mundo melhor no futuro.

Consciência Ambiental: Principais Pontos

Para atender as demandas de quase todos os setores da humanidade, os processos de desenvolvimento passam pela utilização de matérias primas provenientes do nosso meio ambiente.

Com o passar dos anos e com o processo de globalização acelerado, as indústrias e governos passaram a discutir cada vez mais formas de encontrar um desenvolvimento sustentável, sem destruir o meio ambiente e conseguir sua recuperação e preservação dos recursos naturais a longo prazo.

Mas afinal de contas, o que é consciência ambiental? Qual a importância da consciência ambiental? Como desenvolver consciência ambiental? Como gerar consciência ambiental? Vamos responder essas questões.

1. O que é consciência ambiental?

Ter consciência ambiental nada mais é do que uma consciência abrangente do meio ambiente e dos resultados de determinados comportamentos do cotidiano e como eles são capazes de agir sobre o meio ambiente. Esta é a compreensão de que a sobrevivência do ecossistema depende do coletivo. Além disso, pessoas com consciência ambiental precisam buscar informações. Pois, você deve se manter informado e saber que atitudes, produtos e hábitos são ecologicamente corretos. Entendendo quais meios de transporte são menos poluentes, como fazer a coleta seletiva, reduzir o uso de sacolas plásticas, escolher as embalagens biodegradáveis e assim por diante.

Atingindo esses objetivos de conscientização ambiental e buscando atingir outras pessoas, pode-se em conjunto atingir os objetivos de preservação e melhorias do nosso espaço.

2. Qual a importância da consciência ambiental?

A consciência ambiental é muito importante porque terá um impacto positivo na terra e na qualidade de vida das pessoas. Uma das coisas mais importantes sobre a consciência ambiental é permitir que as pessoas entendam os perigos do consumo excessivo que praticamos todos os dias. Essa conscientização envolve temas como saúde ambiental, desenvolvimento sustentável e aquecimento global.

É inegável que ao longo da história a ação humana tem sido responsável por degradar o meio ambiente. Portanto, é nossa responsabilidade aumentar cada vez mais a nossa consciência ambiental, melhorar nosso comportamento e construir um mundo melhor para nós e todos os seres que nele habitam.

3. Como desenvolver consciência ambiental?

Uma pessoa é considerada consciente quando consegue ter uma reflexão sobre si mesma, analisando suas ações e as consequências das mesmas. A consciência ambiental requer que todo esse pensamento esteja focado no meio ambiente, refletindo sobre os quais impactos e resultados de uma simples atitude diária pode trazer para o mesmo.

Para isso, é preciso trazer questionamentos como: Qual será o impacto do mau descarte do lixo doméstico nos rios e sobre as plantas e animais aquáticos que nele vivem? Qual o problema desenvolvido em queimar o lixo? Quais os agravantes do desmatamento ilegal? Dentre outras perguntas. Esse é o início para desenvolver uma consciência ambiental, fazer autoquestionamentos e preocupações acerca das suas ações sobre o ambiente.

4. Desenvolvimento da consciência ambiental na população

Trazer informações sobre os impactos ambientais e transmiti-las para a população é muito importante, relacionando esses impactos com processos diários.

Investir em campanhas e em ações mitigadoras pode ser um primeiro passo, distribuição de cartilhas, placas de aviso, levar cada vez mais artigos para a mídia, entre outras ações.

Cada vez que uma pessoa desenvolve a consciência ambiental, é uma vitória geral. No dia a dia, os consumos mais desafiadores de serem mudados são os de água e de eletricidade, mas com as campanhas corretas é possível melhorar esse cenário, que já vem melhorando ano após ano.

5. A consciência ambiental nas empresas

Muitas empresas se envolvem em atividades ou processos de produção que são prejudiciais ao meio ambiente e podem causar danos significativos.

Portanto, as organizações desempenham um papel fundamental na busca pelo desenvolvimento sustentável, sendo imprescindível a conscientização ambiental.

Uma empresa consciente deve ter uma estrutura que incentive a sustentabilidade e, mais importante, nesse sentido, deve criar uma cultura que atraia a participação de seus colaboradores.

Reduzir o desperdício nas atividades produtivas e de escritório, separar o lixo no descarte, reduzir o uso de papel, desligar as luzes ao sair do escritório e racionalizar o uso da água para evitar o desperdício são alguns exemplos de pequenas ações que devem ser tomadas no dia a dia dentro da organização.

O Desenvolvimento Sustentável

A consciência ambiental está diretamente relacionada ao desenvolvimento sustentável, pois desenvolvimento sustentável significa que ações devem ser tomadas para proteger os recursos.

O desenvolvimento do mundo depende do uso de capital natural, mas isso é limitado, e o mundo já emitiu um sinal de alerta. Portanto, o desenvolvimento que visa apenas o lucro, sem se preocupar com o impacto, é egoísta e autodestrutivo.

Por outro lado, o desenvolvimento sustentável está baseado em três pontos: social, ambiental e econômico. O objetivo é utilizar diversos processos para assegurar o bem-estar social das gerações futuras e a manutenção dos recursos naturais, sem deixar de lado os benefícios econômicos.

Conclusão

Assim, diante de todos os fatos apresentados sobre o assunto, é necessário que todos colaborem e busquem juntos uma melhoria ambiental para nosso planeta. Seja através de campanhas, ações mitigadoras ou mesmo melhorando o seu uso de água e energia, das coisas básicas às mais complexas.

Apenas combatendo as principais causas de danos ambientais, seja a emissão de gases nocivos, que resultam no aquecimento global, desmatamento, queimadas e o mal tratamento do lixo, poderemos desenvolver um mundo melhor para nós e para nossos filhos e outras gerações, não apenas de seres humanos, mas de todas as espécies que habitam o planeta.

Site produzido por Digitalize Now.