Condomínio solar: a inovação da tecnologia!

Os condomínios solares têm se tornado cada vez mais comum no Brasil, onde as contas de luz são barateadas pela fonte renovável da energia solar. Não é incrível? Saiba tudo sobre o tema!

condominio-solar

Um edifício é projetado, planejado e construído para ter um impacto mínimo sobre o meio ambiente e os recursos naturais, proporcionando simultaneamente benefícios comerciais, sociais e ambientais para o edifício ou proprietário do negócio, para os que trabalham na instalação, bem como para o meio ambiente, essas são apenas algumas das características e vantagens de um condomínio solar.

É válido ressaltar que a quantidade total de energia solar incidente na Terra é muito superior às necessidades de energias atuais e as previstas do mundo. Se adequadamente aproveitada, esta fonte altamente difusa tem o potencial de satisfazer todas as necessidades futuras de energia.

No século 21, espera-se que a energia solar se torne cada vez mais atrativa como fonte de energia renovável por causa de seu suprimento inesgotável e o seu caráter não poluente, em contraste com os combustíveis fósseis finitos, carvão, petróleo e gás natural. Há uma necessidade tanto de sustentabilidade quanto de habitação, que sabemos que está se tornando mais importante a cada dia que passa. Neste artigo, ajudaremos a explicar por que optamos por desenvolver condomínios sustentáveis e por que eles são necessários.

A necessidade

Em primeiro lugar, com a volatilidade do clima, custos flutuantes de energia e mudanças climáticas, a necessidade de diminuir a pegada de carbono da humanidade é uma necessidade que não está mais em discussão.

Os edifícios são grandes consumidores de energia, eles respondem por metade das despesas de energia do mundo, bem como por quase metade das emissões de gases de efeito estufa, um quinto do consumo de água e resíduos produzidos.

Em segundo lugar, os empreendimentos, especialmente aqueles que se enquadram em condomínios ou apartamentos, estão em alta demanda e continuarão a crescer em demanda à medida que a sociedade se desenvolve e a população cresce e se expande mais globalmente, transformando os condomínios solares em uma alternativa cada vez mais viável.

Fatores determinantes para um condomínio solar

Fatores importantes que consideramos para a transformação ou criação de um condomínio solar:

Local: Embora isso possa não se aplicar a um edifício existente, para novas construções, gostaríamos de garantir que o local do complexo de condomínio sustentável levasse em consideração o clima da área imediata, o ambiente natural e até mesmo o ruído. O clima e os arredores naturais, como árvores, cursos de água, colinas, encostas e padrões de fluxo de vento podem ter um impacto sobre a quantidade de ar condicionado necessária no verão.

  • Eficiência energética: sistemas AVAC, iluminação e isolamento são fatores importantes para determinar a eficiência energética de uma instalação para o seu condomínio solar. O uso de energia solar ativa e passiva, além da ventilação natural, pode ajudar a reduzir os custos de aquecimento e resfriamento e a demanda de energia e agregar valor ao seu condomínio solar.
  • Eficiência hídrica: como chuveiros de baixa pressão e alta pressão e vasos sanitários com descarga dupla nos banheiros. Além disso, como a energia é necessária para transportar a água, a conservação da água e a conservação de energia andam de mãos dadas.

Por que preferir condomínio solar?

  • Benefícios ambientais: os condomínios sustentáveis ajudam a reduzir o consumo de água, energia e outros recursos naturais e terão benefícios ambientais, sustentáveis e ecológicos de longo prazo nos próximos anos
  • Benefícios Sociais: Sempre consideramos a saúde e felicidade dos ocupantes, além da qualidade, buscamos formas inovadoras de melhorar a vida e a saúde geral dos hóspedes do nosso edifício. Uma maneira comprovada é construir moradias sustentáveis, pois eles encontraram informações dizendo que as pessoas que vivem em condomínios verdes são geralmente mais saudáveis do que aqueles em condomínios normais.
  • Benefícios econômicos diretos: A maioria dos edifícios verdes e sustentáveis se paga dentro dos primeiros oito a dez anos de construção devido aos custos operacionais reduzidos. Normalmente, as reduções nos custos operacionais de energia para um edifício verde chegam a 40 por cento em comparação com um edifício convencional.

Os projetos de construção de condomínio solar mais eficazes são aqueles feitos com recursos sustentáveis incorporados em todos os aspectos do processo de construção. Para propriedades multifamiliares que alojam centenas de residentes e consomem uma grande quantidade de energia todos os dias, é importante colocar elementos ecológicos e de recursos energéticos para manter os custos e o uso de energia baixos. Os benefícios de um condomínio solar a longo prazo o deixa mais barato do que parece, menos danos ambientais e residentes satisfeitos tornam a adição de elementos verdes a qualquer propriedade uma escolha óbvia e inteligente a criação ou adaptação de um condomínio solar.

Fatores a considerar para um condomínio solar

1. O telhado do prédio é adequado para painéis solares?

Para realizar um sistema fotovoltaico no telhado, entre em contato com um empreiteiro solar para coordenar uma avaliação no local a fim de aferir se a posição do telhado do seu condomínio recebe luz solar suficiente para a energia solar.

Estabeleça a idade e o estado do telhado do seu condomínio solar ou daquele que pretende transformar em tal. Os sistemas fotovoltaicos geralmente possuem garantias que tem duração de até 25 anos. Caso haja necessidade de trocar o telhado antes do sistema fotovoltaico, pode ser sensato:

  • Considerar a substituição do telhado antes de instalar o sistema solar;
  • Levar em consideração o custo adicional de eventual remoção e reinstalação do sistema fotovoltaico ou;
  • Aguardar a instalação de painéis solares até que seja possível também substituir o telhado ao mesmo tempo;
  • Micro ou minigeração.

2. Existem dificuldades técnicas na instalação de um sistema fotovoltaico?

Constantemente, sem nenhum custo, um empreiteiro solar pode aferir a possibilidade de instalação um sistema fotovoltaico e reconhecer possíveis barreiras técnicas, incluindo:

  • Se há espaço de telhado suficiente e suporte estrutural para o sistema;
  • Requisitos de zoneamento que poderiam restringir um sistema fotovoltaico;
  • Problemas com a conexão à rede elétrica.

Existem vários fatores a serem considerados pelos condomínios solares ao navegar pela conversão para energia solar, os valores, custos dos painéis solares e estruturas.

Mas existem também uma série de vantagens para um condomínio solar, é preciso levar em conta os fatores como a fonte de energia renovável, geração compartilhada, que é uma geração distribuída para todos do condomínio, além de outros fatores econômicos como a compensação de energia elétrica que ocorre quando há uma produção excedente de energia e a redução na conta de luz de cada residente do condomínio solar.

A geração de energia solar fotovoltaica se apresenta como uma excelente solução para os condomínios sustentáveis, ou condomínio solar, pois o seu custo inicial de investimento irá acarretar em uma compensação satisfatória ao longo do tempo. Assim, os fatores a serem considerados são importantes, mas nunca devem ser empecilhos para a criação de um condomínio solar.

CONTEÚDOS RELACIONADOS
Ainda não temos conteúdos relacionados para esse artigo!
Site produzido por Digitalize Now.