Você sabe como funciona a compensação de energia solar?

Você sabe como funciona a compensação da energia solar? A energia que sobra, pra onde vai? Economiza no seu bolso? Vem com a gente que a Sunlight explica!

compensacao-de-energia-solar

Quando falamos de energia solar, estamos falando de uma energia alternativa, renovável e sustentável que opera usando a luz solar como fonte de energia. Ela pode ser utilizada para diferentes tecnologias, tais como a energia heliotérmica, energia solar fotovoltaica e aquecimento solar.

Muito comumente associada à energia solar, a energia fotovoltaica é a geração de energia elétrica com o uso da luz do sol como fonte de energia. Logo, podemos dizer que os dois termos significam a mesma coisa.

A energia solar é uma forma de gerar energia limpa que não causa danos à natureza e com um grande aproveitamento pois o calor e a luz solar são fontes eficazes e promissoras no mundo.

A energia do sol é considerada inesgotável e seu potencial de energia é excelente quando comparado a outras fontes de energia.

Quais as vantagens da energia solar?

Que a energia solar é uma energia limpa e barata, você já deve estar cansado de saber. Mas ela apresenta diversas outras vantagens.

Dentre elas podemos destacar a pouca exigência de manutenção, a economia na conta de luz, a vida útil longa e, principalmente, a valorização do imóvel.

E, embora muitas pessoas optem por não adquirir energia solar em suas residências por focarem no custo alto de sua aquisição, precisamos ressaltar que a economia gerada pelo sistema de energia solar que será instalado em sua residência compensará o gasto e te trará rápido retorno do investimento feito.

Quais as tecnologias de energia solar?

Há diversas formas de aproveitamento da energia solar como fonte de energia renovável e, atualmente, existem três tecnologias utilizadas. Vamos conhecer cada uma delas?

Energia Solar Fotovoltaica

A energia solar fotovoltaica é a forma mais comum e viável de usar energia solar em residências e comércios. Sua captação e geração dependem de placas solares que são desenvolvidas em materiais semicondutores, inversor solar que basicamente transforma a energia captada em uma corrente elétrica contínua, a estrutura de fixação que é parte fundamental do sistema e os cabos e conectores que entremeiam o sistema a fim de movimentar a corrente de forma adequada.

A energia solar fotovoltaica pode ser usada no sistema on-grid e off-grid.

O sistema fotovoltaico on-grid é o mais utilizado e também o mais viável financeiramente visto que o sistema é conectado à rede elétrica convencional e pode resultar em uma economia de até 95% do consumo da sua energia.

Já o sistema off-grid é o menos utilizado pois, além de requerer muita manutenção por conta das baterias, seu custo é bastante elevado pois o mesmo utiliza bateria com capacidade de armazenamento e, por isso, precisa estocar energia. Mas este, sem dúvidas, é o sistema ideal para locais mais afastados que não contam com uma rede de energia elétrica.

Energia Fototérmica

A energia fototérmica é usada para esquentar água e gases. Contudo, por se tratar de um processo muito mais complexo que os demais, este método é utilizado somente em processos industriais.

Esse tipo de energia usa placas solares que podem ser chamadas de placas solares de aquecimento que absorvem a energia térmica da radiação solar e a transferem em água ou outros fluidos para um reservatório térmico que mantém a temperatura até que o mesmo seja utilizado.

Energia Heliotérmica

Na energia heliotérmica o calor do sol é captado e acondicionado para só depois ser transformado em energia solar mecânica e, finalmente, em eletricidade. Este, inclusive, é o motivo pelo qual a energia heliotérmica é oriunda dos raios solares de maneira indireta.

Além de se tratar de uma fonte de energia limpa e renovável, a energia heliotérmica não produz gases nocivos ao meio ambiente.

Mas, afinal, como funciona a compensação de energia?

Se você já possui um sistema de geração de energia solar ou está pensando em investir em um para sua residência ou empresa, muito provavelmente você já conhece os diversos benefícios dessa fonte de energia.

E, embora o primeiro benefício que venha a sua cabeça seja a redução de até 95% na sua conta de luz, saiba que os créditos de energia solar também fazem parte dos benefícios que essa modalidade tem.

A economia gerada pela geração de energia solar não é oriunda de uma menor taxa de utilização da rede elétrica de distribuição, visto que também é possível “emprestar” a energia que não foi consumida para a sua distribuidora.

É exatamente esse “empréstimo” que chamamos de sistema de compensação de energia solar.

Para aderir aos créditos de energia solar não basta gerar energia solar, é necessário ser cativo em sistema on-grid com micro ou minigeração.

Depois que você completa a instalação das placas solares e tem o sistema conectado à rede de distribuição, você começa a se beneficiar da geração de energia solar.

Acontece que, quando você gera mais energia do que você realmente precisa, ao invés de desperdiçá-la, o sistema transfere ela na rede de distribuição.

Dessa forma, a energia transferida é transformada em créditos e, no final do mês, quando o relógio calcular quanto você consumiu e quanto você gerou de energia, o que você gerou será abatido em forma de crédito de energia se o consumo for maior que a produção, mas se a geração for mais que o consumo, a sua fatura terá um valor do excedente para que você o utilize nos próximos meses.

Contudo, esses créditos são válidos apenas por 60 dias a partir do dia em que foram gerados.

CONTEÚDOS RELACIONADOS
Ainda não temos conteúdos relacionados para esse artigo!
Site produzido por Digitalize Now.